12 3204.4492

Uma imagem vale mais que mil palavras

Nós todos um dia já ouvimos esta frase em diferentes contextos, lugares e situações.

Mas você sabia que em uma comunicação digital isso é ainda mais importante e deve ser muito bem trabalhado?

Não sabe? Então tentarei passar algumas dicas simples para nunca esquecermos disso.

Essa frase é uma expressão popular de autoria do pensador político e filósofo chinês Confúcio, (Chiu Kung era seu nome verdadeiro), que ficou conhecido como o Mestre Kung, devido aos seus sábios provérbios.

“Uma imagem vale mais que mil palavras” era utilizada para transmitir a ideia do poder da comunicação através das imagens.

O significado deste ditado está relacionado com a facilidade em compreender determinada situação a partir do uso de recursos visuais, ou a facilidade de explicar algo com imagens, ao invés de palavras (sejam escritas ou faladas).

Confúcio sugere com esta afirmação, referindo-se ao uso dos ideogramas, tidos como formas de comunicação simbólicas, que, quando unidos, formavam imagens que expressavam muito mais do que palavras, mas também conceitos completos e complexos.

Atualmente, esta é uma frase muito explorada pela publicidade e propaganda, no sentido de ser a comunicação visual mais eficiente atualmente, principalmente quando comparada com a descrição ou a narração.

 

É importantíssimo ressaltar que sempre devemos pensar no sentido positivo e negativo desta grande arma, pois uma imagem pensada pode gerar reações e sentimentos positivos ou negativos e ainda pode transmitir a mensagem ou percepção que você deseja ou não.

Relacionado com isso, existem diversos estudos que mostra a relação das cores com os sentimentos e sensações.

Além disso, um detalhe muito importante e muito mais difícil de se atentar é a questão cultural do público. Uma imagem que para um público pode gerar um sentimento, para outro outra percepção completamente diferente.

Diante destes alertas, tenho algumas dicas para sempre tentarmos fazer um bom trabalho com imagens:

1 – Conheça ao máximo o público alvo para tentar manter uma comunicação mais próxima e familiar a eles.

2 – Se possível teste as reações e percepções com uma pequena amostragem deste publico.

3 – Alinhe sempre a imagem com a comunicação escrita ou falada de forma complementar ou análoga.

4 – Nos meios digitais, principalmente nas redes sociais, onde as leituras são breves e o número de informações são muito grandes, gerando uma distração constante, sugerimos trabalhar com imagens que chamem a atenção, criem curiosidade ou até estado de atenção ao seu publico. Uma espécie de isca que atrai o público a continuar a ver sua comunicação, textual, vídeo ou até uma narrativa.

 

Alguns detalhes interessantes para auxiliar na escolha ou preparação da imagem ideal:

Psicologia das Cores:

Contrastes culturais ou pré-conceitos, devem ser considerados pois públicos diferentes podem ter  reações diferentes diante da mesma imagem:

Um detalhe importante no uso das imagens é que emoções podem ser contagiantes e contagiadas apenas por uma boa imagem:

  

Agora deixo um alerta final, lembre que um exemplo é muito mais forte do que qualquer comunicação.

Cuide sempre para a sua imagem e a da sua empresa nunca seja veiculada a imagens negativas e que gerem má interpretação é um ponto muito importante:

    

Espero ter contribuído de alguma forma e em breve continuaremos nos aprofundando em temas como estes.

Marcelo Guadagnin

Web & Apps Sistemas Design Projetos